Segunda, 22 de Julho de 2024
24°

Tempo limpo

Parintins, AM

Geral Saúde

Novo edital do Mais Médicos apresenta recorde de inscrições por vaga

Serão ofertadas vagas no regime de cota, para pessoas com deficiência e grupos étnico-raciais, como negros, quilombolas, indígenas e pessoas com deficiência

11/07/2024 às 11h54
Por: Redação
Compartilhe:
Walterson Rosa/MS
Walterson Rosa/MS

O novo edital do programa Mais Médicos teve adesão recorde de candidatos. Foram 33 mil inscrições para concorrer às mais de 3,1 mil vagas. O índice de concorrência ficou em 10,4 profissionais por vaga. 

O novo edital conta com novidades. Serão ofertadas vagas afirmativas, no regime de cotas, para pessoas com deficiência e grupos étnico-raciais, como negros, quilombolas, indígenas e pessoas com deficiência. Mais de 10,6 milhões de brasileiros serão beneficiados. 

As vagas afirmativas para cotas em municípios para pessoa com deficiência (PCD) e grupos étnico-raciais receberam um total de 3,1 mil inscrições, sendo 2,6 mil negros, 34 quilombolas, 70 indígenas e 382 pessoas com deficiência. 

Do total geral de inscrições, 18,7 mil são mulheres (cerca de 57%). Confira o total de inscrições por tipo de perfil profissional: 

  • Perfil 1 - médicos formados em instituições de educação superior brasileiras ou com diploma revalidado no pais com registro no CRM: 15.699;
  • Perfil 2 - médicos brasileiros com habilitação para exercício da Medicina no exterior: 13.467;
  • Perfil 3 - médicos estrangeiros com habilitação para exercício de medicina no exterior: 3.848

Entenda o edital do Mais Médicos

Para os grupos étnico-raciais, serão ofertados 20% das vagas, priorizadas da seguinte forma: 

  • Para municípios que têm 2 vagas: 50%
  • Para municípios que têm entre 3 a 10 vagas: 20%
  • Para municípios que têm mais de 10 vagas: 20% 

Podem participar da seleção profissionais brasileiros, brasileiros formados no exterior ou estrangeiros, que continuarão atuando com Registro do Ministério da Saúde (RMS). Os médicos brasileiros formados no Brasil continuam a ter preferência na seleção. 

Desde 2023, com a retomada do Mais Médicos, o governo federal implementou melhorias no modelo do programa, onde os profissionais contam com oportunidades de especialização e mestrado por meio da Estratégia Nacional de Formação de Especialistas para a Saúde, que integra os programas de formação, provimento e educação pelo trabalho no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias