Busca

Morre primeira apresentadora da História do Festival de Parintins

Morre primeira apresentadora da História do Festival de Parintins Foto: Reprodução Facebook Notícia do dia 01/12/2022

O Boi-Bumbá Caprichoso perdeu um dos capítulos mais importantes de sua história e do Festival Folclórico de Parintins. Morreu em Manaus a primeira apresentadora da história do Festival de Parintins e do boi Caprichoso, Ednelza Sahdo. A atriz, diretora e apresentadora do boi negro da Amazônia reafirma o quanto o boi do povo lutou pela maior participação das mulheres no folguedo que hoje é conhecido mundialmente.

 

Edelza Sahdo faleceu na noite desta quarta-feira, aos 78 anos, cravou seu nome na cultura do estado do Amazonas como uma artista que dedicou 50 anos de sua vida em levar alegria, entretenimento e arte ao povo do seu estado. Sua identidade com o carnaval de Manaus é reconhecida por todos.

 

Foi na década de 80 que sua voz foi fio condutor da apresentação do Boi Caprichoso, durante o Festival Folclórico de Parintins que na época era organizado pela Prefeitura de Parintins. Naquele momento, ela escrevia com letras maiúsculas seu nome na história do maior espetáculo da floresta.  Hoje o Caprichoso, em nome do presidente Jender Lobato, do vice Karu Carvalho e do Conselho de Arte, se solidariza à família e aos amigos de Ednelza na certeza de que ela chega ao firmamento como uma radiante estrela com sua alegria peculiar que sempre nos encantou.

 

Descanse em paz, Ednelza Sahdo!

 

Fonte: Boi Caprichoso