Busca

Corpo é encontrado e sobe para 4 o número de mortos em acidente de ponte no AM

Fonte: G1

Corpo é encontrado e sobe para 4 o número de mortos em acidente de ponte no AM Foto: Divulgação CBMAM Notícia do dia 30/09/2022

Subiu para quatro o número de mortos após o desabamento da ponte sobre o Rio Curuçá no km 25 da BR-319, no Careiro, a 102 km de Manaus. O corpo de mais uma mulher, de aproximadamente 25 anos, foi encontrado no local das buscas, nesta quinta-feira (29).

 

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), a vítima já foi reconhecida por familiares que estavam no local. Todo o trabalho de necropsia será feito pelo Instituto Médico Legal (IML). Ainda conforme o CBMAM, três veículos já foram retirados do Rio Curuçá, durante os trabalhos realizados nesta quinta. Outros quatro veículos ainda estão no fundo do rio, que tem entre 20 a 25 metros de profundidade. As buscas seguem no local, com a ação de mergulhadores a procura de desaparecidos e também trabalhando para içar veículos que afundaram com o desmoronamento da ponte.

 

Segundo a corporação, oito mergulhadores estão no local se revezando para os mergulhos. De acordo com o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, Orleiso Muniz, a profundidade do rio dificulta a agilidade do içamento dos veículos e encontro de possíveis vítimas.Quatro pessoas morreram e até 15 pessoas estão desaparecidas."Isso [profundidade do rio] dificulta o trabalho e é por isso que estamos fazendo tudo com muita cautela. Então, nós estamos retirando um veículo de cima do outro debaixo d'água, para que ele seja posicionado em um local adequado e a partir daí, seja feita o içamento com segurança", disse o comandante.

 

O comandante ainda apontou que a área de vasculhamento foi ampliada para além da região onde aconteceu o desabamento da ponte. "Existe a possibilidade de no momento do acidente, pessoas terem caído e na tentativa de se salvar, podem ter nadado para um local afastado". As buscas iniciaram por volta de 6h e uma equipe de 40 homens do Corpo de Bombeiros está no local para tentar encontrar as vítimas da tragédia. Para intensificar as buscas por pessoas desaparecidas, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) ativou um gabinete de crise para integrar as ações dos órgãos estaduais e federais envolvidos no resgate.

 

O gabinete de crise foi ativado no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), localizado na zona centro-sul da capital, sob a coordenação do secretário de Segurança Pública, general Carlos Alberto Mansur.